Suri Ceviche Bar

 

 QUEM SOMOS


Aos 29 anos, o chef colombiano Dagoberto Torres comanda a cozinha do Suri. Apesar da estafante rotina, a cevicheria é a realização de um sonho do cozinheiro, que viajou pela América Latina em busca de referências, estagiou em diversos restaurantes e hotéis em Bogotá e, já no Brasil, trabalhou por cerca de um ano no D.O.M. Foi lá que percebeu que sua paixão era definitivamente a cozinha latina. Nos intervalos dos turnos, gostava de preparar seus ceviches para os colegas, que não conheciam as variações do prato. Ao notar as entusiasmadas reações, decidiu que algum dia teria uma cevicheria por essas bandas.

Nascido em Chaparral, no interior da Colômbia, Dagoberto Torres cresceu entre a pequena cidade e o campo, na fazenda da família. A cevicheria é a realização de um sonho do chef, que se formou Técnico profissional em cozinha pelo SENA, prestigiada universidade pública de gastronomia em Bogotá, e depois de estagiar em diversos restaurantes e hotéis em seu país, viajou pela América Latina em busca de referências. Em São Paulo, trabalhou um ano no D.O.M e foi lá que percebeu que seu negócio era definitivamente a cozinha latina. É co-autor do livro "Ceviche do Pacífico para o Mundo", lançado pela editora Senac em 2013.

 

 

Depoimentos


"Suri é encanto ao primeiro gole. Fidelidade ao primeiro ceviche."

Fernando Almeida, Professor

"O Suri é um restaurante com comida e ambiente deliciosos. É um daqueles lugares que a gente não precisa se planejar pra ir, além de ter preço justíssimo e estar ao lado da minha casa."

Bel Coelho, Cheff do restaurante Dui

"Tive o privilégio de frequentar o SURI durante seis meses no ano passado, quando a Galeria Mezanino foi hospedada pelo restaurante na sobreloja e, a cada dia, os sabores eram mais especiais! Tudo muito gostoso, cheio de novidades: os drinks, as entradas e os pratos principais."

Renato de Cara, curador da Galeria Mezanino

"O suri trouxe a cozinha andina e o frescor do ceviche para uma região carente de boas opções. O ambiente é acolhedor e os drinks deliciosos. O pisco sour é o melhor da cidade e o ceviche "de la casa" surpreendente! "

Chico Ferreira, cheff do LeJazz